Itaberina morre após ser baleada na cabeça em provável tentativa de assalto, em Goiânia

09/04/2016


Uma mulher de 33 anos faleceu na tarde deste sábado (9/4), no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), após ser atingida por disparo de arma de fogo durante a madrugada. Patrícia Moreira Andrade, funcionária da Brasicor Seguros, foi atingida na cabeça em uma provável tentativa de roubo no Setor Sudoeste, em Goiânia.

Uma amiga da vítima, Elisângela Martins, esteve com ela momentos antes da ocorrência. “Nós saímos e quando foi por volta das 23h30 ela me deixou em casa. Ela disse que ia se encontrar com outra pessoa”, contou.

No entanto, no meio do caminho, ela acabou se deparando com aqueles que lhe ceifaram a vida.

No registro do Corpo de Bombeiros consta que Patrícia foi resgatada por membros da corporação do que aparentava ser um acidente de trânsito, após bater o carro em um poste. Posteriormente, porém, foi constatado que ela havia levado um tiro na cabeça, o que indicava que ela pode ter tentado fugir de um assalto, foi baleada e acabou colidindo o veículo.

Encaminhada ao Hugo, ela passou por cirurgia, mas não resistiu. Após várias paradas cardíacas, foi declarada a morte cerebral de Patrícia.

A Polícia investiga o caso.


 

Confira a matéria que foi transmitida no Bom Dias Goiás, sobre a morte de Patrícia Moreira Andrade no último fim de semana.O corpo de Patrícia foi velado em Itaberaí e enterrado em Itaberaí.

Publicado por Portal Itaberaí em Segunda, 11 de abril de 2016


Fonte: Mais Goiás