Itaberaí realiza Mutirão Criminal para análise de 180 processos


22/03/2017


A comarca de Itaberaí promove nesta quarta (22) e quinta-feiras (23), um Mutirão Criminal para realização de audiências de instrução e julgamento de cerca de 180 processos. A iniciativa, do juiz Gustavo Braga Carvalho, da Vara Criminal local, que acumula as competências cível, família e sucessões, infância e juventude, fazendas públicas e registros públicos, conta com o apoio da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) por meio da Divisão de Apoio ao Interior.
 

Segundo o magistrado, “a ação objetiva atender ao princípio da razoável duração do processo, otimizando a pauta da audiências da Vara Judicial, que conta com acervo total de seis mil processos”. A sua expectativa é de conclusão da instrução e prolação de sentença em mais de 60% dos casos que serão apreciados nos dois dias da promoção.


Para o Mutirão Criminal de Itaberaí, o presidente do TJGO, desembargador Gilberto Marques Filho, designou seis juízes. De cordo com o Decreto Judiciário nº 2233/2017, publicado nesta terça-feira (21), no Diário da Justiça Eletrônico, atuarão no evento os juízes Alessandra Gontijo do Amaral (1ª Vara Cível, Criminal, das Fazendas Públicas e Registros Públicos da comarca de Goiás), Eduardo Pio Mascarenhas da Silva (13ª Vara Criminal de Goiânia), Giuliano Morais Alberici (Nova Crixás), Mônica Miranda Gomes de Oliveira (Caldas Novas) e Rodrigo de Melo Brustolin (3ª Vara de Rio Verde), Sílvio Jacinto Pereira (1ª Vara – Cível e da Infância e da Juventude de Itumbiara). O juiz Gustavo Braga também ajudará nos trabalhos.


Pelo Ministério Público, atuarão Paulo Henrique Otoni, Luciene Maria Silva Oliveira Otoni, Paula Moraes de Matos, Edivar da Costa Muniz, Marcelo Borges Amaral e Marcelo Faria Costa Lima. Os trabalhos serão realizados no Fórum local,localizado na Praça Sinhô Fonseca, Centro. A Diretoria do Foro da comarca está a cargo do juiz Ernani Veloso de Oliveira Lino, titular do Juizado Especial Cível e Criminal. (Texto:Lílian de França – Centro de Comunicação Social do TJGO)