Quatro suspeitos morrem e dois são presos em confronto com a PM em Itaberaí
14/03/2018

Quatro pessoas morreram em confronto com a Polícia Militar, na quarta-feira (14), ao transportar mais de 200 kg de cloridrato de cocaína, em Heitoraí, na região central de Goiás. Segundo a corporação, traficantes estavam armados com fuzil e pistolas, e resistiu à abordagem policial. Dois homens, que ajudavam na escolta da droga, foram presos.

 

O capitão Fábio Costa disse ao G1, do Grupo de Radiopatrulha Aérea da PM (Graer), os seis indivíduos transportavam a droga do Mato Grosso para Goiânia. “Estávamos sabendo que viria o carro com droga para a capital. Na tentativa de abordagem, abordamos um veículo com dois indivíduos, e o outro carro fugiu. Eles abandonaram veículo em um canavial. ”

 

“Quando as equipes chegaram, os criminosos começaram a atirar, e foi feito o revide. Os quatro morreram baleados”, contou o capitão.

 

O caso ocorreu por volta das 22h, em Heitoraí. A operação que resultou na prisão dos suspeitos e apreensão da droga é uma força-tarefa da Polícia Federal com a PM. Conforme o capitão Fábio Costa, os homens baleados chegaram a ser socorridos e levados para uma unidade de saúde de Itaberaí, mas acabaram morrendo no hospital.

 

“O outro, que estava com a droga, só parou em um canavial. Logo que eles deixaram o veículo no local, a PM se aproximou e houve este confronto. Além dos carros, nós apreendemos um fuzil 556 e três pistolas, que estavam com os criminosos”, contou.

 

Os presos, um jovem de 27 anos e um homem de 37, informaram à polícia que receberiam R$ 20 mil para o transporte da droga.

Quatro armas foram apreendias com os criminosos, em Heitoraí, em Goiás (Foto: Polícia Militar/Divulgação)