Justiça de Itaberaí mantém prisão preventiva dos suspeitos de assassinar o mototaxista Leandro Roberto
19/02/2019


A Justiça de Itaberaí manteve a prisão preventiva dos cinco presos suspeitos de matar o mototaxista Leandro Roberto Damasceno Ferreira.  A decisão  foi decretada na tarde de hoje(19), após audiência de custódia realizada no Fórum do Município, enquanto os suspeitos eram ouvidos dezenas de mototaxista compareceram no local para aguardar a decisão, a Polícia Militar reforçou a segurança e nenhum incidente foi registrado.

Prisão:

Os suspeitos foram presos durante uma força tarefa da Polícia Militar realizada no dia 11-02, o corpo do mototaxista foi encontrado em uma mata nas proximidades de um canavial, na BR-070, em Itaberaí, a moto da vítima foi encontrada dentro de uma represa nas proximidades do canavial.

Liberação do Corpo:

Familiares ainda aguardam a liberação do Corpo de Leandro Roberto que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal(IML), em Goiânia, o resultado de um exame de DNA realizado na tarde de ontem(18), deve identificar  o corpo que foi encontrado em estado de decomposição.

Foto: Reprodução/ WhatsApp