Caminhoneiro reconhece bandidos que o fizeram de refém em canavial de Itaberaí
 

07/06/2019

Uma denúncia recebida pela Polícia Militar (PM) na noite da última quinta-feira (6/6), levou a equipe policial a um endereço no 
município de Goianira, região metropolitana de Goiânia, onde foram presos dois suspeitos portando armas ilegalmente. Eles foram reconhecidos por um caminhoneiro que foi vítima dos bandidos em Itaberaí. O homem foi feito de refém em um canavial da região durante uma tentativa de roubo de carga.

 

De acordo com a Polícia Militar, a denúncia se referia a uma residência na Av. T-4 no Jardim Imperial, em Goianira, onde havia uma movimentação suspeita. A suspeita dos policiais é de que ali funcionaria um ponto de venda drogas.


No local, a polícia encontrou Felipe Rodrigues Procópio, com passagem por roubo; Itallo do Nascimento Borges, com passagem pelo crime de posse de drogas; Caio Monteiro Ribeiro Machado, com várias passagens por roubo e furto e Wagner Ferreira da Silva, também com passagens por roubo e posse de drogas.


Em posse das informações colhidas sobre os suspeitos, um motorista da empresa brasileira de cigarros Souza Cruz identificou dois dos suspeitos como seus sequestradores. Ocorre que no dia 4 de junho deste ano, o motorista, que levava uma carga de cigarros, foi abordado pelos bandidos no município de Itaberaí, interior de Goiás, e levado à força para um canavial, onde foi feito de refém.


Na ocasião, o motorista foi abandonado no canavial pelos bandidos, que levaram todos os seus pertences.

Arma carregada foi encontrada com suspeitos que fizeram motorista de refém em canavial de Itaberaí

Ainda segundo a polícia, no interior do veículo de um dos suspeitos – não especificado pela polícia – foi encontrada uma arma de fogo, revólver calibre .38, e cinco munições intacta.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos suspeitos e encaminhados a Central de Flagrantes em Trindade para os procedimentos cabíveis.


Fonte: Diaonline