Desarticulada quadrilha que trazia drogas para Goiás; duas aeronaves foram apreendidas
 05/08/2019


A Polícia Civil (PC) desarticulou, na madrugada do último domingo (4), uma organização criminosa responsável por trazer grandes quantidades de cocaína para Goiás. Conforme apontam as apurações da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc), os suspeitos atuavam há anos no Estado e transportavam a droga por meio de aeronaves. Sete pessoas foram presas e dois aviões, apreendidos.


A ação policial ocorreu após a chegada de uma remessa de droga que estava em um avião que pousou em uma pista próximo a Goiânia. Na ocasião, os policiais interceptaram uma camionete com meia tonelada de cocaína que estava sendo levada para distribuição.

Em seguida, a corporação realizou diligências em uma chácara em Itaberaí ligada aos chefes da organização, a boliviana Jemima Adelita Ruiz Banegas e o marido, que não teve o nome divulgado. No local, foram apreendidos insumos, uma grande prensa, armas de fogo e artefatos explosivos, além de dinheiro oriundo do tráfico de drogas. Já em Rio Verde, os policiais prenderam dois pilotos, além de três outros integrantes do grupo. Com os suspeitos, foram apreendidas duas aeronaves avaliadas em aproximadamente R$ 600 mil, que eram utilizadas pela organização.

A operação denominada Puro Sangue é resultado de investigação da Denarc que já dura um ano. Ao todo, foram apreendidos mais de R$ 60 mil, 501,6 kg de cocaína e mais 31,5 kg de insumos para preparo das drogas e 15 artefatos explosivos. Também foram apreendidos oito veículos: uma caminhonete Ford Ranger, uma Hillux, uma Discovery, Fiat Strada e um Fiat Toro; além de duas motocicletas BMW 1200 e uma Yamaha.

Fonte: Mais Goias