Falsos advogados são presos no povoado de São Benedito, Itaberaí.



30/05/2012   13:00


O estagiário Pedro Henrique Santos da Silva e duas mulheres foram presos na tarde de ontem (29). Os três se passaram por advogados e anunciaram pelas ruas da comunidade através de carro de som que estariam realizando o cadastro de idosos e gestantes em benefícios do governo, tais como salário maternidade. Segundo o advogado Alexsandro de Brito de Lemes, ele informou a esta reportagem que mesmo um advogado credenciado com OAB, não tem o direito de fazer este tipo de atendimento fora do seu escritório de trabalho a não ser que seja contratado pelo cliente.

 

As denúncias foram feitas por moradores à sede da OAB de Itaberaí, o atual presidente da Seção de Itaberaí Jean Carlo dos Santos acionou então a Polícia Militar. O Sargento Stanley e o Soldado Valadares atenderam ao chamado da central de comando COPOM e se deslocaram até o Povoado. Verificado os documentos pessoais dos 03 e constatado que nenhum deles possuíam OAB, foram presos em flagrante.

 

Os meliantes foram encaminhados para delegacia de polícia, foi registrado o T.C.O. pelo artigo 47 da L.C.P. (exercício Ilegal da Profissão). Foi realizado o termo de exibição e apreensão de toda a documentação e procurações assinados em branco pelas vitimas com os acusados. suspeitas que o mesmo golpe fosse aplicado em Heitoraí.

 

Todo o deslocamento da Polícia Militar, bem como os procedimentos na Delegacia de Polícia foram acompanhados pelos representantes da OAB de Itaberaí.

 


Compartilhe: