Candidatos a prefeito de Itaberaí prestam contas de gastos


13/08/2012  11:00

A campanha para prefeito de Itaberaí começa a pegar fogo. Já é possível ver nas ruas carros adesivados, bandeiras, cartazes, e a migração de muitas candidatos ao facebook.


Para financiar toda esta propaganda que o eleitor vê espalhada pela cidade, os candidatos contam com recursos do Fundo Partidário, doações de pessoas físicas e jurídicas, recursos do próprio candidato e outras receitas.


Para tornar estes gastos mais transparentes a Justiça Eleitoral obriga os candidatos a declararem receitas e despesas da campanha. Nesta eleição a prestação de contas terá primeira parcial, segunda parcial e a prestação de contas final. O candidato que não apresentar a prestação de contas pode sofrer várias penalidades, inclusive ficar inelegível.


O site Portal Itaberaí traz a primeira parcial das Receitas/Despesas dos candidatos à Prefeitura de Itaberaí. Dos 03 candidatos que concorrem à Prefeitura, apenas um(01) declarou sem gastos a primeira parcial, foi ele Carlos Orlando - Ratinho (PT).


Dos outros dois já é possível acompanhar a evolução das receitas e despesas. A candidata do DEM, Rita de Cassia investiu recursos próprios no montante de R$ 9.986,50 e não recebeu nada de terceiros, e declarou ter gasto R$ 1.169,00. Rita gastou em "Publicidade por materiais impressos" e "encargos financeiros"


O candidato Roberto Mercadão (PRTB) recebeu R$ 45.285,00 mil de recursos de pessoas físicas e 1.785,00 de recurso próprios. Gastou R$ 46.130,00 com "Cessão/locação de veículos e Imóveis" entre outros gastos.
 



Compartilhe:





Comentários: