TRE mantem a cassação do prefeito Welington Baiano, e tem 48 horas pra sair da prefeitura



O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), acolhendo os pareceres da Procuradoria Regional Eleitoral em Goiás (PRE/GO), confirmou a cassação do prefeito de Itaberaí, Welington Rodrigues da Silva desta vez em definitivo no Tribunal. Baiano e seu vice, Bruno Calil, entraram com dois embargos de declaração para tentar suspender a cassação, mas ambas foram rejeitadas por 6 votos a 0, e eles  tem 48 horas pra sair da prefeitura

O TRE também determinou dar posse ao segundo colocado na eleição passada, doutor Benedito (PSDB), em 48 horas – não existe efeito suspensivo. Baiano pode recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral, mas fora do cargo.

Benedito já era para ter sido empossado no dia 29 de outubro, mas os embargos declaratórios suspenderam a solenidade. Ontem à noite, por telefone, o tucano disse que, ao assumir a Prefeitura de Itaberaí, vai fazer um levantamento da situação financeira e administrativa e dar continuidade aos trabalhos.


Baiano é acusado de uso da máquina pública para obter votos nas últimas eleições. Com isso, Welington se torna o primeiro prefeito eleito em 2008 a ter a cassação confirmada em terceira instância em Goiás. Ele nega as acusações.

Na eleição do ano passado, Benedito perdeu para Baiano por diferença de apenas 93 votos – num universo de 24 mil eleitores. O pepista foi cassado, dentre outros motivos, por suposta compra de votos. Ele nega as acusações.
 

 

Da decisão do TRE, cabe recurso especial ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


E você cidadão Itaberino, concorda ou não com essa decisão, participe de nossa enquete e VOTE!!






Fonte:http://www.jusbrasil.com.br ; www.dm.com.br