Fernandão, ídolo do Internacional, morre em acidente de helicóptero

 

07/06/2014

O ex-atacante Fernandão, um dos maiores ídolos da história do Internacional e do Goiás, morreu por volta das 1h deste sábado, em Goiás, aos 36 anos. Fernando Lúcio da Costa voltava de sua casa em Aruanã. Além de Fernandão, estavam no helicóptero e não sobreviveram mais quatro amigos: Edmilson de Souza Leme (vereador de Palmeiras de Goiás), Antônio de Pádua, Lindomar Mendes Vieira (funcionário da fazenda) e o piloto, identificado como Milton Ananias.


Segundo a Polícia Civil, a aeronave levantou voo da fazenda que pertencia a Fernandão por volta de 1h e foi encontrada sobre um banco de areia (uma pequena praia de água doce), às margens do rio Araguaia. O local do acidente fica a 15km do centro de Aruanã. O ex-jogador chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas faleceu pouco depois.  

- O corpo dele é o único está no hospital. Os demais morreram no local do acidente. Nessa época é muito comum acampamento às margens do Araguaia, mas trata-se de uma região cujo acesso é mais comum por helicóptero ou barco. Provavelmente, ele chegou ao hospital socorrido por barco - declarou o delegado Norton Ferreira, chefe de comunicação da Polícia Civil de Goiás. 

Fernandão tem fortes ligações com Itaberaí, já esteve aqui diversas vezes e possue diversos parentes na cidade.








Compartilhe:


 



Comentários: